iniciar sessão

Ensaios

Honda NC700D Integra

  • Publicado em Ensaios
  • Visualizações: 2230

Honda NC700D Integra

À primeira vista parece uma scooter, mas na prática trata-se de uma moto disfarçada de scooter. O motor está instalado no local convencional, o quadro é de uma moto convencional e as rodas de 17 polegadas são maiores que as normalmente usadas numa scooter.

A Honda NC700D Integra partilha a plataforma e motor com as irmãs NC700X e NC700S, aposta da Honda na redução dos custos de produção, apenas o curso das suspensões difere entre elas.

 A estética é sempre subjectiva mas no nosso caso, e após a estranheza inicial, parece-nos um modelo muito bem conseguido. Onde quer que esteja, seja parada ou a rodar, chama a atenção de quem passa. A traseira é esguia quando comparada com a frente, mas a top-case oferecida em Portugal ajuda a disfarçar a diferença entre elas. As jantes usam a cor cinzenta, ao contrário da NC700X e NC700S, o que ajuda a destacar o grande diâmetro de roda.
 
A nível de arrumação a Integra dispõe de um pequeno compartimento sem chave junto ao joelho esquerdo, um compartimento sobre o banco onde cabe um capacete tipo jet e onde se pode encontrar uma tomada 12 volts, e uma top-case que permite albergar um capacete integral e um casaco.
 
A instrumentação já nos era conhecida do ensaio à Honda NC700X, simples e de fácil leitura peca pela ausência da temperatura do motor, de um termómetro exterior e um indicador de médias de consumo.
A disposição dos comandos requer alguma habituação. Os comandos adicionais da DCT obrigaram a uma reestruturação da organização dos botões. No lado direito contamos com o selector de neutro e os modos de condução D e S, assim como o selector entre modo automático e manual. No lado esquerdo surgem os botões que nos permitem seleccionar a relação de caixa.
 
A protecção aerodinâmica é fantástica quando comparada com os outros modelos NC700, conseguindo-se facilmente manter velocidades elevadas sem se ser muito sacrificado pelo vento. As pernas também ficam bem protegidas do vento e chuva, embora no Verão o calor emanado pelo motor possa ser incomodativo.
 
Na Integra apenas existe a versão DCT, que usa uma caixa de dupla embraiagem e comando automático, e pode operar em três modos totalmente diferentes: D, S e manual.
Em D, e consoante a pressão no acelerador, a DCT troca de relação assim que possível, sendo possível circular a 70 km/h já em sexta velocidade e com cerca de 2000 RPM, as reduções também são feitas o mais tarde possível, numa rotação muito baixa. É o modo ideal para circular com vista nos consumos.
O modo S permite uma condução mais dinâmica, trocando de relação pelas 4000 RPM.
Em modo manual o condutor escolhe a mudança que pretende engrenada, embora a DCT impeça o utilizador de seleccionar uma mudança demasiado alta ou baixa para a velocidade da moto.
Em qualquer um dos modos automáticos é possível dar instrução de redução ou aumento de mudança, sendo particularmente útil nas reduções antes das curvas para evitar que a DCT troque de relação antes da conclusão da mesma.
 
A travagem é suficiente e a Integra equipa de série o sistema C-ABS da Honda, repartindo a travagem quando accionada a manete esquerda.
 
Tivemos oportunidade de rolar mais de 1500 quilómetros com a Honda NC700D Integra, apanhámos chuva, sol, cidade, serra e auto-estrada. Em todas as situações a moto se portou à altura, mostrando-se sempre disponível e confortável para o utilizador. Em nenhum dos depósitos enchidos as contas mostraram valores superiores aos 4 litros por cada 100 quilómetros percorridos, mostrando-se sempre muito económica.
 
Em resumo é uma moto muito ágil, despachada e prática. Com consumos anunciados de 3.6 l/100, com revisões a cada 12000 quilómetros e um preço de 8600€, é com certeza uma aposta muito válida contra as suas concorrentes directas.
 
Pontos positivos

 


- Facilidade de condução
- Custo de manutenção
- Consumo
- Protecção aerodinâmica
 

Pontos negativos

 

 

- Calor gerado pelo motor
- Espaço de arrumação debaixo do banco demasiado pequeno

 


Descarregar a ficha técnica da NC700D
.

Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D
Honda NC700D