iniciar sessão

Notícias

Protótipo do Civic Hatchback redefine o modelo-base da Honda para o mercado europeu

Protótipo Honda Civic HatchbackA próxima geração do Civic hatchback vai ser apresentada em estreia global no 86º Salão Internacional de Genebra de 2016.
O design deste protótipo deixa antever alterações significativas em relação às anteriores versões deste modelo fulcral da Honda para o mercado europeu, com foco num design provocante e condução de dinâmica recompensadora.


Jean-Marc Streng, Director-Geral da Divisão Automóvel da Honda Motor Europe, comentou: "O Civic é um modelo-base para a Europa, com vendas fortes e tradição de fabrico nesta região. Para muitos clientes do mercado europeu, o Civic é sinónimo da marca Honda. Este novo Civic hatchback dá continuidade a esta tradição e esperamos que continue a ser um modelo-chave em termos de volume de vendas para o mercado Europeu. Estamos muito entusiasmados com o desenvolvimento da nova geração deste modelo e com a sua introdução no início de 2017."



1.    Um design distinto e um Civic mais desportivo
O novo Civic hatchback vai ser 30 mm mais largo, 20 mm mais baixo e 130 mm mais comprido do que a geração actual.
As novas jantes e pneus são mais largos e conferem uma postura mais segura. Por outro lado, a maior distância entre eixos, as reduzidas distâncias entre as extremidades dos pára-choques dianteiro e traseiro e o centro de cada eixo, bem como o habitáculo esguio, oferecem uma aparência exterior muito dinâmica.
A frente, com menor distância da face do pára-choques ao eixo e as grandes entradas de ar mantêm a interpretação característica, incisiva e agressiva da parte frontal dos membros de quatro rodas da família Honda.
Os faróis de LEDs e as luzes de presença diurnas fluem por baixo do capot arrojado e esculpido e terminam nos guarda-lamas mais acentuados
As formas da carroçaria, esguias e inclinadas para trás, encontram continuação nas laterais do carro, com linhas forjadas que incorporam os puxadores exteriores das portas, antes de culminarem nos distintos farolins traseiros de LEDs de formato em C.
Uma segunda linha inferior acrescenta um toque elegante e de carácter que percorre toda a parte lateral, nascendo num ponto atrás das cavas das rodas dianteiras, atravessando as portas e mergulhando finalmente nas cavas das rodas traseiras, desta forma, destacando a postura avançada e agressiva do carro.
Atrás, o pára-choques possui vincos angulares e aberturas de ventilação concebidos para reflectirem a natureza agressiva do estilo do resto do veículo.
Daisuke Tsutamori, Líder de Projecto da 10ª geração do Civic, comentou o aspecto estético do carro e deixou-nos uma ideia de como este design distinto foi concebido e implementado: “sabíamos que teríamos de criar um design exterior apelativo e que se destacasse dos demais, desafiando o estilo convencional do automóvel compacto europeu, mas mantendo-se fiel aos valores básicos do Civic original.
O resultado é uma união entre design distinto e desportivo, num conjunto com uma condução de dinâmica mais que excelente e uma versatilidade muito prática.”

 


2.    Novas motorizações turbo oferecem melhor experiência de condução
O novo Civic Hatchback vai estar equipado com três motorizações:
Motores de 1.0 litro e 1.5 litros i-VTEC a gasolina e uma unidade 1.6 litros i-DTEC diesel revista.
O Civic vai ser o primeiro modelo europeu a estar equipado com as duas mais recentes unidades a gasolina da Honda
Estes novos motores também pertencem à crescente gama tecnológica da Honda denominada Earth Dreams e irão oferecer performances dinâmicas, potência de topo e excelente economia de combustível para as suas cilindradas.
Com base numa arquitectura completamente nova e recorrendo aos mais recentes sistemas turbo, estas novas unidades a gasolina estão equipadas com a tecnologia de comando variável das válvulas, para reduzir o atrito e obter as melhores performances, tanto de potência, como de prestações ambientais.
Os turbo compressores de baixo momento de inércia e altas capacidades de resposta, em conjunto com a tecnologia de injecção directa de combustível oferecem um bom equilíbrio entre alta potência e elevado binário, mais do que nos motores convencionais normalmente aspirados.
Juntamente com os dois novos motores a gasolina - e em exclusivo para o mercado Europeu - vai estar disponível uma versão revista do motor 1.6 litros i-DTEC diesel.
Esta unidade turbo-diesel com injecção common-rail incorpora diversas tecnologias de redução do atrito e de redução das emissões e dos consumos.
O motor está equipado com um turbo compressor pequeno mas muito eficiente, uma válvula EGR (de recirculação dos gases de escape) de baixa pressão e cabeça de motor com aberturas de admissão de elevado fluxo e grande efeito de remoinho.
A nova cambota mais delgada e leve, feita em material mais robusto e o bloco fundido integralmente em alumínio, de topo aberto e elevada compressão tornam este motor numa unidade muito leve e com elevada durabilidade.

 

3.    A 10ª geração Civic vai ser fabricada na Europa e exportada globalmente
As instalações de fabrico da Honda na Europa, a Honda of the UK Manufacturing (HUM), serão o ponto central da produção global da 10ª geração do Civic hatchback.
A Honda já confirmou um investimento de 270 milhões de Euros em novas tecnologias e processos de produção como preparação para o fabrico do novo modelo, que será exportado para todo o mundo, incluindo os EUA.
Este investimento faz parte de uma visão a longo prazo para a fábrica da Europa nas operações globais da Honda.
Jason Smith, Director da HUM, comentou:" Ao estabelecer a HUM como instalações globais de produção do novo Civic hatchback, a Honda vem mais uma vez demonstrar o seu compromisso a longo prazo para com as suas operações de fabrico no Reino Unido e na Europa.
Isto é incrivelmente importante para a HUM e é uma recompensa para com o empenho e o esforço de todos os colaboradores da Honda nos últimos anos.
Sendo as instalações globais de produção do novo Civic hatchback, iremos decerto aproveitar ao máximo a oportunidade de exportação deste modelo, não só para os nossos clientes no velho continente, mas também para os principais mercados globais."




 

{youtube}W1zmH0l8UP4{/youtube}