iniciar sessão

Notícias

Honda compromete-se com a eletrificação total da sua gama até 2025

A Honda subiu ao palco hoje no Salão de Genebra para anunciar mais um impulso nas suas ambições de eletrificação da sua gama. A empresa anunciou a sua intenção de aplicar motorizações elétricas à totalidade das suas vendas de automóveis na Europa até 2025. Esta nova ambição vem no seguimento do objetivo da marca para 2017 de ter dois terços das suas vendas eletrificados até 2025 e coloca essa ambição bem no centro da vanguarda da eletrificação global da Honda anunciada como parte da sua visão estratégica para 2030.

Falando na conferência de imprensa de hoje, Tom Gardner, vice-presidente sénior da Honda Motor Europe, disse: “…desde que assumimos aquele primeiro compromisso em março de 2017, a mudança para a eletrificação aumentou consideravelmente o seu ritmo. Os desafios ambientais continuam a impulsionar a procura por uma mobilidade mais limpa. A tecnologia avança implacavelmente e as pessoas começam a mudar a sua visão do que pode ser um automóvel.”


Honda E Prototype revelado

Uma outra prova da ambição de eletrificação da Honda assume a forma do protótipo Honda E. Revelado pela primeira vez no Salão de Genebra, este veículo deixa antever como será o primeiro veículo elétrico a baterias de produção da Honda para o mercado europeu. Posicionado como veículo utilitário para ambiente urbano, este veículo oferece uma autonomia muito competitiva superior a 200 km e uma funcionalidade de "carga rápida" que carrega as baterias a 80% da autonomia em apenas 30 minutos. O veículo possui a dinâmica de condução caraterística da Honda numa configuração desportiva de tração às rodas traseiras. A versão de produção do protótipo Honda E será apresentada ainda este ano. Os clientes já podem registar-se e receber atualizações no website da Honda, podendo também reservar o veículo nos mercados europeus selecionados a partir do início do verão.


Maior implantação da tecnologia full hybrid

No início de 2019, a Honda lançou com sucesso o novíssimo CR-V Hybrid, equipado com tecnologia híbrida completa (full hybrid) i-MMD de motores elétricos. A Honda espera que a tecnologia híbrida completa venha a ter um papel fundamental no cumprimento dos seus objetivos de 100% de eletrificação da sua gama até 2025.


Honda vai desenvolver negócios de gestão de energia para a Europa

A Honda aproveitou a oportunidade desta conferência de imprensa no Salão de Genebra para partilhar os primeiros pormenores do seu negócio de soluções de gestão energética para o velho continente. Este anúncio vem no seguimento do conceito de carregamento bidirecional Power Manager apresentado pela primeira vez no Salão de Frankfurt de 2017.
A Honda pretende construir um portefólio de produtos e serviços de gestão de energia que possa oferecer uma solução abrangente para os clientes de veículos elétricos e operadores de serviços na Europa.
Tom Gardner disse também: "Este é um passo significativo para a Honda, a nossa intenção é oferecer uma inovação líder no setor, lançando serviços de energia… para criar valor acrescentado para os operadores de sistemas de energia e para os clientes dos veículos elétricos".
A Honda tem trabalhado com a EV-TEC para continuar a desenvolver a sua tecnologia bidirecional Honda Power Manager (compatível com veículos elétricos a bateria, tal com o protótipo Honda E) e planeia oferecer uma versão comercial nos próximos anos.


A Honda anunciou ainda um acordo de parceria com duas empresas externas:

- a Moixa, uma empresa especializada em tecnologias de "agregação de recursos", que permite aos clientes tirarem partido da partilha de controlo e capacidade das baterias dos seus veículos elétricos, e
- a Ubitricity, um fornecedor líder de soluções de carga, incluindo uma abordagem inovadora para o carregamento na rua de veículos elétricos para as áreas urbanas.
O próximo passo será a realização de estudos de viabilidade destas tecnologias em Londres, Reino Unido e Offenbach, na Alemanha. Espera-se que sejam anunciados mais desenvolvimentos no final deste ano.


Acerca da Moixa

A Moixa (www.moixa.com) é a empresa-líder de baterias inteligentes do Reino Unido. A Moixa fabrica baterias inteligentes e software GridShare para recarregar de forma inteligente baterias e veículos elétricos. A GridShare® gere mais de 50 MWh de baterias residenciais em 6.000 casas no Reino Unido e no Japão – formando uma das maiores fábricas virtuais do mundo. O software usa inteligência artificial para aprender e otimizar as operações de carga do dia-a-dia, tirando assim partido de recursos com emissões de carbono reduzidas e das melhores tarifas horárias. A plataforma GridShare também permite que os utilizadores agreguem e giram grandes frotas de baterias e veículos elétricos para fornecer serviços flexíveis a mercados auxiliares.

A Moixa foi recentemente selecionada entre 13.900 empresas como a empresa Global Cleantech 100 e já angariou mais de 16 milhões de libras em fundos nos últimos dois anos, incluindo investimentos de empresas de topo no Japão. A empresa conta com um registo sem paralelo em termos de inovações no armazenamento energético, adquirido ao longo de 12 anos de investigação e investiu 6 milhões de libras em subsídios e pilotos, para além de ter mais de 20 patentes referentes a tecnologias-chave de agregação, armazenamento inteligente e otimização de veículos elétricos.

Acerca da ubitricity
ubitricity – Gesellschaft für verteilte Energiesysteme mbH: O objetivo de Knut Hechtfischer e do Dr. Frank Pawlitschek quando fundaram a ubitricity em 2008, foi permitir recarregar os veículos elétricos usando energia de recursos renováveis onde quer que estivessem estacionados. Nos dias de hoje, a empresa é um dos principais fornecedores de soluções inteligentes de faturação e carregamento de veículos elétricos. A ubitricity combina conhecimentos técnicos, tais como o desenvolvimento do indicador de eletricidade móvel, com as possibilidades oferecidas pela digitalização. O resultado é simplificado em termos técnicos e pontos de recarga mais baratos, permitindo uma ampla expansão das infraestruturas de carregamento usando os postes de iluminação. Além disso, esta abordagem resolve o desafio que representa a faturação específica de veículos para a gestão de frotas e do setor imobiliário. Os indicadores de eletricidade móvel também tornam possível transformar os veículos elétricos em opções inteligentes de armazenamento para a rede elétrica - um componente-chave para o desenvolvimento das energias renováveis. www.ubitricity.com