iniciar sessão

Notícias

Nova gama de motores Honda - Earth Dreams Technology

  • Publicado em Mundo Honda
  • Visualizações: 1761

A Honda anunciou hoje em Tokyo que terá uma nova gama de motores para automóveis, designando se por Earth Dreams Technology.

"Earth Dreams Technology" é a próxima geração de avanços tecnológicos que elevam tanto a perfomance como a eficiência energética a um alto nível, usando como a sua base tecnologias avançadas amigas do ambiente para perseguir o gosto de condução único de veículos Honda. É uma série de medidas que melhoram a eficiência do motor de combustão interna, transmissão e de motores movidos a electricidade.



Motores Gasolina

[ Classe de 1.3 a 1.5L ]

Emprega VTC ( variable timing technology ) , injecção directa e ciclo Atkinson usando como base as tecnologias DOHC, VTEC .
Foram também implementadas várias medidas para redução de fricção.

[ Classe de 1.8 a 2.0L ]

Emprega injecção directa e ciclo Atkinson usando como base as tecnologias DOHC, VTEC . Usa também , uma implementação de VTC E uma EGR (Exhaust Gas Recirculation) de alta capacidade tanto para a admissão como para o escape, o que reduz significativamente a fricção.
Para os veículos hibridos de 2.0l , o uso de uma bomba de água eléctrica elimina o uso de uma correia auxiliar o que contribui numa redução de fricção. O sistema VTC permite condução eficiente em vários estilos de condução.

[ Classe de 2.4L ]

Baseado nas tecnologias DOHC e VTEC, emprega injecção directa e implementa as mais variadas medidas para redução de fricção.
Medidas exclusivas no motor melhoram 5% em eficiência de combustível e potência e também mais 10% de binário comparado com o motor que substitui.

[ Classe de 3.5L ]

Emprega novos mecanismos de controlo de válvulas , injecção directa nos sistemas SOHC, VTEC, VMC para melhorar 10% em termos de eficiência energética e 5% em potência , relativamente ao motor disponível presentemente.


Motores Diesel

Graças a um downsizing do actual motor 2.2 e a uma redução extensiva de fricção mecânica em cada secção do motor , foi atingido um nível de fricção equivalente aos actuais motores a gasolina.

Optimizou se ainda a gestão de temperatura o que permite baixar o nível de emissões de CO2 em 15%.

Através da optimização da rigidez do motor e da pressão de combustão, foi possível criar um bloco em alumínio, tornando este motor diesel 1.6 um motor leve e do topo da categoria.

Foi ainda utilizado um turbocompressor de alta eficiência e redução de peso do conjunto o que resulta numa condução desportiva e agil.